Quarta, 17 de Julho de 2024
Cidades Catu

Catu: Pequeno Sales (PT) é acusado de superfaturamento em compra de notebooks

Prefeito e secretária de educação teriam pago quase R$ 2 milhões a empresa situada em Alagoas. Empresa não foi encontrada nos endereços declarados no processo de licitação

27/06/2024 às 10h23
Por: Redação PN
Compartilhe:
Catu: Pequeno Sales (PT) é acusado de superfaturamento em compra de notebooks

A história começou no dia 29 de dezembro do ano passado, quando a Justiça Federal de Alagoinhas abriu um processo civil contra o prefeito de Catu, no nordeste baiano, Narlison Borges de Sales, conhecido como Pequeno Sales (PT). O gestor do município foi acusado de improbidade administrativa, dano ao erário e violação aos princípios administrativos pela compra de quatrocentos notebooks, a qual existe a suspeita de superfaturamento.

O valor pago na compra pela Secretaria de Educação local, Rosa Sales, irmã do próprio prefeito, está em cerca de R$ 2 milhões.

A empresa vencedora foi a ‘Soluções em Tudo’, que estaria situada no Estado de Alagoas, e criada há apenas quatro meses antes do processo licitatório, cujo valor do contrato seria inicialmente de R$ 1.668.000,00, valor que teria sido alterado posteriormente para R$1.837.410,00.

Em uma conta simples, aponta que cada equipamento teria custado R$ 4.593,00, porém, de acordo com o processo, o valor real de cada notebook comprado pela Prefeitura seria, no mercado, de R$ 2.287,12, indicando assim o indício de superfaturamento.

O processo indica ainda que a empresa beneficiada, ‘Soluções em Tudo’, seria de propriedade da responsável pelo setor de Licitações da Prefeitura de Catu, Márcia Regina Fernandes Bezerra de Vasconcelos.

Imagem ilustrativa da imagem Prefeito de Catu é acusado de superfaturamento em compra de notebooks

Imagem ilustrativa da imagem Prefeito de Catu é acusado de superfaturamento em compra de notebooks

Imagem ilustrativa da imagem Prefeito de Catu é acusado de superfaturamento em compra de notebooks

Imagem ilustrativa da imagem Prefeito de Catu é acusado de superfaturamento em compra de notebooks

Fonte: Catu Agora

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias