Quarta, 17 de Julho de 2024
Geral Luto

Cantor Chrystian, que fez dupla com Ralf, morre aos 67 anos

Segundo a assessoria do cantor, Chrystian tinha sido diagnosticado “com uma condição médica que exige repouso imediato e tratamento especializado”.

20/06/2024 às 08h27
Por: Redação PN
Compartilhe:
Cantor Chrystian, que fez dupla com Ralf, morre aos 67 anos

Morreu no fim da noite de quarta-feira (19/6) o cantor Chrystian, que fazia dupla com o irmão Ralf. Ele foi levado às pressas para um hospital em São Paulo, depois de passar mal em casa. O quadro do artista de 67 anos teria sido considerado grave e, por isso, ele foi levado por um helicóptero da Polícia Militar ao centro médico.

Segundo a assessoria do cantor, Chrystian tinha sido diagnosticado “com uma condição médica que exige repouso imediato e tratamento especializado”.

O velório de Chrystian será nesta quinta-feira (20/6), no Cerimonial Ossel, em São Caetano do Sul. A cerimônia, aberta ao público, acontece das 11h às 16h, enquanto o sepultamento está marcado para 17h.

Apesar de a causa da morte não ter sido divulgada, o artista tinha uma condição genética chamada rim policístico. Por conta da doença, passaria por um transplante no fim do ano. O órgão seria doado pela esposa dele, Key Vieira.

A data da cirurgia, que aconteceria no dia 11 de março deste ano, foi reagendada para o fim de 2024, devido alguns problemas de saúde do cantor. Ele retornaria às atividades em 20 de abril.

Em fevereiro deste ano, Chrystian foi hospitalizado para exames pré-operatórios. Rim policístico é um distúrbio hereditário em que grupos de cistos se desenvolvem nos rins. O último show dele foi no dia 15 de junho, na cidade de Mundo Novo, em Mato Grosso do Sul.

Antes, em 1º de março, o artista usou as redes sociais para atualizar seu estado de saúde após ter transplante adiado. Ele precisou realizar um procedimento para restaurar o fluxo sanguíneo na artéria coronária, que acabou impossibilitando a cirurgia.

“Oi, gente, estou passando aqui para deixar todos os meus fãs, amigos e contratantes tranquilos. Estou me sentindo muito bem. A cirurgia que eu ia fazer dia 11 foi adiada para o final do ano, porque tive que colocar dois stents no coração”, comunicou o cantor.

E deixou claro que iria cumprir até o fim todos os seus compromissos profissionais. “Quero, de qualquer maneira, cumprir a agenda de shows e compromissos. Fiquem tranquilos que estou me sentindo muito bem com a proteção divina e da minha amada”, concluiu, ao se referir à esposa.

Fonte: Metrópoles

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias