Quarta, 17 de Julho de 2024
Geral Esporte

Com gol no último lance, Vitória bate Internacional e vence pela primeira vez no Brasileirão

Ainda na zona de rebaixamento, a equipe comandada pelo técnico Thiago Carpini se igualou ao Vasco, primeira equipe fora do Z-4, com seis pontos.

17/06/2024 às 10h56
Por: Redação PN
Compartilhe:
Com gol no último lance, Vitória bate Internacional e vence pela primeira vez no Brasileirão

O Vitória respira no Campeonato Brasileiro. No Barradão, o Rubro-negro fez jus ao mando de campo e ganhou do Internacional por 2 a 1, conquistado seu primeiro resultado positivo. O Leão abriu o placar, viu o Colorado empatar no segundo tempo, mas após um pênalti no apagar das luzes, Wagner Leonardo garantiu o primeiro triunfo da equipe na competição. Os outros gols do confronto foram marcados por William Oliveira e Wesley.

Com o resultado, o Vitória sobe momentâneamente para a 18ª posição. Ainda na zona de rebaixamento, a equipe comandada pelo técnico Thiago Carpini se igualou ao Vasco, primeira equipe fora do Z-4, com seis pontos. Já o Internacional se manteve na 10ª colocação com 11.

O Leão da Barra entra em campo na próxima quinta-feira (20), para receber o Atlético-MG, às 18h30, novamente no Barradão, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro.

PRIMEIRO TEMPO

O Vitória entrou em campo com uma postura diferente em relação aos últimos jogos, bem organizado táticamente e ofereçendo bastante perigo à defesa adversária, diferente do Internacional, que não conseguiu suprir a ausência dos desfalques e pareceu desorganizado no duelo. Essa falta de concentração veio a tona logo aos sete minutos de jogo.

No início da primeira etapa, a defesa colorada bateu cebeça na saída de bola e após erro grave de Thiago Maia, que não conseguiu dominar a bola, William Oliveira aparece dentro da área e finaliza, sem chances para o goleiro Fabrício. 1 a 0 Vitória!

Mesmo com o Leão na frente no placar, a equipe de Thiago Carpini seguiu em busca do fazer gols, assim como o Internacional seguiu desorientado da partida. Após bela jogada trabalhada do Vitória, Alerrandro aproveitou cruzamento de Willean Lepo e empurrou para dentro, mas depois da revisão do VAR, o segundo tento rubro-negro foi anulado.

Após assustar mais algumas vezes o goleiro colorado, o Rubro-negro baixou um pouco a intensidade da partida, fazendo com que o Inter crescesse um pouco no duelo, mas pouco incomodou o goleiro Lucas Arcanjo.

SEGUNDO TEMPO

Buscando igualar o placar, o Inter iniciou a segunda metade do jogo pressionando intensamente e criando perigo, especialmente em jogadas pela direita depois das entradas de Bruno Henrique, Wesley e Bustos, que revigoraram o time.

Entretanto, o Colorado acabou deixando alguns espaços para o Vitória, que quase marcou com Osvaldo em um lance perigoso na marca do pênalti, mas Fabrício fez uma defesa crucial.

Mesmo assim, o Inter continuou pressionando e, apesar da marcação cerrada do Vitória, Wesley conseguiu uma excelente jogada pela direita, quase resultando em gol.

Foi justamente Wesley que marcou o gol de empate do Colorado, aproveitando um contra-ataque rápido aos 36 minutos, após um erro de Matheusinho no meio-campo.

No entanto, o Vitória não desistiu e garantiu a vitória nos últimos instantes, com Wagner Leonardo convertendo um pênalti sofrido por Willian Oliveira, assegurando os três pontos para a equipe.

VITÓRIA 2 X 1 INTERNACIONAL – Brasileirão-2024 – 9ª rodada
Data e horário: 15/6/2024, às 16h (de Brasília)
Local: Barradão, Salvador (SP)
Árbitro: Bruno Arleu de Araujo (FIFA)
Assistentes: Thiago Henrique Neto Correa Farinha e Thiago Rosa de Oliveira
VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga
Cartões Amarelos: Willian Lepo (Vitória), Matheus Dias, Robert Renan, Bruno Henrique (Internacional)
Gols: William Oliveira, Wagner Leonardo (Vitória), Wesley (Internacional)

VITÓRIA: Lucas Arcanjo; Willean Lepo, Camutanga, Wagner Leonardo e Lucas Esteves (Eryc Castillo); William Oliveira, Luan Santos (Zé Hugo) e Léo Naldi; Matheusinho (Jean Mota), Osvaldo (PK) e Alerrandro (Luiz Adriano).

INTERNACIONAL: Fabrício; Hugo Mallo, Vitão (Bustos), Gabriel Mercado e Robert Renen; Thiago Maia, Matheus Dias (Bruno Henrique) e Aránguiz (Gabriel Carvalho); Wanderson (Wesley), Hyoran (Gustavo Prado) e Lucas Alario.

Fonte Notícias de Alagoinhas

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias